Fazer um DOC ou TED é seguro?

O DOC (Documento de Ordem de Crédito) e a TED (Transferência Eletrônica Disponível) são utilizados para fazer a transferência de dinheiro de uma conta corrente ou conta poupança para outra conta em outro banco. O DOC tem um limite máximo de R$ 4.999,99. Para fazer a transferência de valores acima de 5 mil reais é necessário fazer uma TED, pois esta não tem um limite máximo definido.

No DOC o dinheiro não cai na conta no mesmo dia, pois precisa passar por uma compensação bancária, por isso em caso de urgência é indicado fazer uma TED. Por esse motivo e por não ter limite mínimo mais, a TED vem sendo bem mais usada do que o DOC.

Mas muitas pessoas ainda se sentem inseguras na hora de fazer essas transações. O medo de dar errado e ter o dinheiro retirado da conta indevidamente ainda deixa muitos correntistas em dúvida na hora de fazer uma transferência entre contas.

Saiba como fazer uma transferência de forma segura

É seguro fazer um DOC ou TED?

Realmente, pode parecer estranho retirar um dinheiro de uma conta e enviar para outra conta, em outro banco, sem colocar as mãos nas notas. Se você fica com o “pé atrás” na hora de fazer as transferências, saiba que não é o único. São muitas as pessoas que se preocupam na hora de realizar uma TED ou um DOC.

Mas pode ficar tranquilo! Fazer uma transferência é bem simples e é uma operação bem segura. Basta ter muita atenção ao realizar a transferência e ter todos os dados em mãos. Para fazer uma TED ou um DOC, é necessário ter em mãos o nome completo do titular da conta de destino, o seu CPF ou CNPJ, número do banco, número da agência, número da conta e saber se a conta é corrente ou poupança. Ter em mãos todos esses dados corretos agiliza o processo e evita os erros.

Diante disso, pode-se afirmar que é seguro sim, fazer DOC ou TED. Essa é a melhor maneira de transferir dinheiro para outras contas e bancos. É muito mais prático e rápido do que sacar o valor em um caixa eletrônico, para depois ir a outro banco para depositar o dinheiro na conta de destino.

Além de menos risco de erros, burocraticamente falando, ainda diminui os riscos de perdas ou assaltos e demais consequências de movimentar grandes quantias de dinheiro vivo.

Sempre que fizer uma transferência, pegue o comprovante para evitar possíveis transtornos.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *