TED errado: como conseguir estorno?

Quem nunca concluiu uma transação bancária e depois percebeu que algum dado estava errado? Para algumas pessoas, isso pode ser desesperador. E realmente, em alguns casos, pode ser bem complicado de se resolver. Mas na maioria das vezes, o erro pode ser corrigido sem maiores danos.

Um serviço bancário muito utilizado pelos correntistas é a transferência eletrônica, que facilita pagamentos quando duas pessoas estão longe uma da outra e têm contas em bancos diferentes. Nesses casos, é preciso fazer um DOC ou uma TED.

A sigla TED significa Transferência Eletrônica Disponível. É uma das formas de transferência de dinheiro entre agências de bancos diferentes. É a mais usada atualmente, por dois motivos: primeiro porque ela não tem um limite máximo nem mínimo para ser realizada, e segundo porque ela cai no mesmo dia na conta de destino, ao contrário do DOC, que tem um limite máximo de R$ 4.999,99 e precisa passar por uma compensação bancária, por isso só cai no próximo dia útil depois da transação.

Mas e se houver algum erro na hora de fazer a TED? O que fazer?

Erros ao fazer uma TED

O importante é sempre procurar se informar, pois muitas vezes podemos resolver problemas bancários de forma simples, apenas com boas informações. Se você não sabe como fazer, o melhor é perguntar para quem sabe, antes de fazer a transação. No dia a dia, isso faz toda a diferença, já que ninguém tem tempo a perder.

Na maioria dos casos, as operações de TED podem ser feitas diretamente no caixa da agência, terminais eletrônicos de autoatendimento, aplicativos de celular e internet. O valor das tarifas variam de acordo com o meio utilizado para a transferência. Em todos os bancos, quando feita a transferência através de caixa convencional o valor da taxa será maior.

Para fazer uma TED é necessário ter em mãos nome completo do titular, CPF ou CNPJ, número do banco, número da agência, número da conta e saber se a conta é corrente ou poupança. Ter em mãos todos esses dados corretos agiliza o processo e evita os erros.

Um erro bastante frequente é marcar o tipo de conta errado. Fique atento!

No caso de algum desses dados estar incorreto ou a conta não ter saldo suficiente, o TED será estornado automaticamente, ou seja, em poucos minutos o valor retornará para a conta que realizou a transferência. Os bancos têm até 60 minutos para fazer essa devolução.

Lembrando que casos como esse são muito raros, pois são muitos os dados solicitados para a transação.

Sobre as taxas, que são cobradas para efetuar este serviço, caso não seja efetivado, o valor da taxa cobrada retornará ao cliente. É importante verificar se o valor foi ressarcido, e em caso negativo entre em contato com o banco o quanto antes para solicitar o ressarcimento.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *