Diferenças entre DOC e TED

Quando é necessário uma transferência de dinheiro entre bancos diferentes, hoje em dia, o mais indicado são as operações eletrônicas, pela praticidade e segurança. Existem duas formas de se transferir dinheiro de uma conta para outra entre bancos diferentes: o DOC e a TED.

O DOC significa Documento de Ordem de Crédito e a TED significa Transferência Eletrônica Disponível.

Apesar de bem populares hoje em dia, muitas pessoas ainda se confundem na hora de realizar estas operações. É que elas são bem parecidas e são usadas para a mesma finalidade, mas têm algumas diferenças.

Veja abaixo como cada TED e DOC funcionam para escolher a melhor opção entre os dois:

Limite de Transferência

O DOC tem um limite máximo de R$ 4.999,99 e não tem um limite mínimo. Já a TED não tem nenhum limite pré-definido. Apesar de ter começado com um limite mínimo bem alto, esse valor foi caindo com o passar dos anos, até chegar ao limite de R$ 0,01.

Diante dessas informações, podemos constar que para transferir valores acima de 5 mil reais é necessário fazer uma TED. Abaixo desse valor você sempre poderá escolher entre uma das duas operações. Lembrando que, em ambos os casos, o valor da transação está limitado pelo seu saldo no banco e por sua capacidade de transação por canais de auto atendimento. Cada banco limita o cliente por questões de segurança.

Prazo para Compensação

Fazendo um DOC o dinheiro não cai na conta no mesmo dia, pois precisa passar por um processo de compensação bancária. O valor só será depositado na conta de destino no dia seguinte ao envio do DOC. Mas para isso, precisa ser feito até as 21:59. Caso contrário, só será concluída a transferência na data posterior à seguinte.

Já quando se faz uma TED, a transferência é eletrônica e não precisa passar por compensação bancária, por isso cai na conta no mesmo dia do envio do TED, desde que a transação seja realizada até as 17:00. Transações realizadas depois desse horário só serão concluída no dia seguinte. Por isso em caso de urgência é indicado fazer uma TED.

É importante notar que conta-se apenas os dias úteis. Fins de semana e feriados nacionais e bancários não contam.

TED e DOC podem ser feitos pelo celular

TED e DOC podem ser feitos pelo celular

Como Fazer

A forma de fazer a transferência é igual nas duas operações. Você só precisa escolher a opção desejada na hora da transação. Para fazer um DOC ou TED é necessário ter em mãos nome completo do titular, CPF ou CNPJ, número do banco, número da agência, número da conta e saber se a conta é corrente ou poupança. Ter em mãos todos esses dados corretos agiliza o processo.

Lembrando que o DOC e a TED podem ser feitos tanto por conta corrente ou poupança, na maioria dos bancos. O mais interessante a fazer é entrar em contato com a agência sobre detalhes que podem mudar de acordo com a instituição.

Tarifas

TED e DOC podem ser feitos nos caixas convencionais dos bancos, os chamados “boca de caixa”, nos caixas eletrônicos e até mesmo pela internet. Hoje em dia, com a facilidade dos aplicativos, estas transações podem ser feitas facilmente pelo celular, onde você estiver, desde que tenha acesso à internet.

O valor das tarifas variam de acordo com o meio utilizado para a transferência, mas em praticamente todos os bancos, a taxa cobrada para fazer TED ou DOC é a mesma. Em todos os bancos, quando feita a transferência através de caixa convencional o valor da taxa será o maior.

As tarifas para TED Pessoal, nos caixas de atendimento nos principais bancos custam na Caixa Econômica Federal (R$ 15,50), Banco Bradesco (R$ 16,60), Banco Santander (R$ 17,00) Banco Itaú (R$ 17,55) e Banco do Brasil (R$ 18,70). Já os efetuados por meios eletrônicos, são mais baratos, conforme segue: Caixa Econômica Federal (R$ 8,65), Banco Bradesco (R$ 8,95), Banco Santander (R$ 9,20), Banco Itaú (R$ 9,55), Banco do Brasil (R$ 8,80).

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *