TED e DOC Errado: Como Resolver?

A sigla TED significa Transferência Eletrônica Disponível. É uma forma de transferência de dinheiro entre agências de bancos diferentes, podendo ser entre o mesmo titular da conta ou não. Por sua vez, o Documento de Ordem de Crédito (DOC), assim como a Transferência Eletrônica Disponível (TED), é utilizado para a transferência de dinheiro para outra conta e banco.

A diferença entre as duas formas de transferência era basicamente o limite de valores e o prazo para a efetivação da transação. Enquanto o DOC tem um valor máximo para a transferência, de R$ 4.999,99, a TED tinha um valor mínimo, que foi diminuindo com o passar dos anos. Mas, atualmente, a TED não tem mais valor mínimo para transferência, ou seja, pode ser transferido qualquer valor de uma conta para outra. Também não existe limite máximo.

No caso da TED, o valor cai na conta no mesmo dia se a transferência for feita em horário bancário. Ela só será feita caso haja o valor disponível em conta para esta transferência. A TED pode ser feita até as 17hs, além deste horário a TED pode apenas ser agendada para o próximo dia útil. Fazendo um DOC o dinheiro não cai na conta no mesmo dia, pois passa por uma compensação bancária. Por isso, em caso de urgência é indicado fazer uma TED.

Na maioria dos casos, as operações de TED e DOC podem ser feitas diretamente no caixa da agência, terminais eletrônicos de autoatendimento, aplicativos de celular e internet. O valor das tarifas variam de acordo com o meio utilizado para a transferência. Em todos os bancos, quando feita a transferência através de caixa convencional o valor da taxa será o maior.

Saiba o que fazer quando se faz um DOC ou TED errado

O que acontece quando se faz um DOC ou TED errado?

Para fazer uma transferência bancária é necessário ter em mãos o nome completo do titular, CPF ou CNPJ, número do banco, número da agência, número da conta e saber se a conta é corrente ou poupança. Ter em mãos todos esses dados corretos agiliza o processo e evita os erros.

No caso de algum desses dados estar incorreto ou a conta não ter saldo suficiente, a transferência será estornada automaticamente. Os bancos têm 60 minutos para fazer essa devolução.

Caso não seja efetivado o serviço, o valor da taxa cobrada retornará ao cliente. É importante verificar se o valor foi ressarcido, e em caso negativo, entrar em contato com o banco o quanto antes.

E se o dinheiro cair em conta errada?

No caso de algum desses dados estar incorreto e acontecer de ter sido feito para conta errada, há que se considerar que o DOC não ocorre no mesmo dia, então há mais tempo para desfazê-lo.

Esse fato do dinheiro cair em conta errada é raro, pois são muitos os dados para a confirmação. Normalmente, o que ocorre é do dinheiro voltar automaticamente para a conta de quem fez a transação. Por isso, o mais indicado é ficar bem atento aos dados e conferir antes de fazer a transferência, para evitar os erros.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *